Postado por Equipe Datamed em março 20, 2019 08:30 Blogs, Nota Técnica, Uncategorized
Porque uma estufa de secagem e esterilização eficiente em energia é essencial para o seu laboratório?

 

Porque uma estufa de secagem e esterilização eficiente em energia é essencial para o seu laboratório?

 

Questão: A crise global de energia está crescendo, elevando os custos com energia e tornando a consciência no uso da energia elétrica não apenas uma necessidade em termos do meio ambiente, mas também de controlar custos.  Laboratórios de qualquer disciplina são extremamente intensos em energia, com instrumentos de processos e experimentos ligados dia e noite. A iniciativa 5 Stars da Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos Estados Unidos estima que o consumo de um conjunto médio de laboratórios seja de cinco a dez vezes o de uma edificação de escritórios padrão. Equipamentos essenciais para segurança, que se mantêm ligados continuamente, são uma grande contribuição para o consumo geral de energia, com cabines ventiladas padrão funcionando 24 horas por dia consumindo de três a quatro vezes a energia de uma casa comum.

O consumo de energia laboratorial que mais pode ser reduzido individualmente é o de equipamentos que precisam estar permanentemente ligados na tomada. Esses perfazem 23% do consumo total do laboratório, o que torna essencial que os usuários estejam cientes das características de eficiência dos equipamentos antes de utiliza-los ou compra-los.

Estufas de laboratório, utilizadas para processos de aquecimento e secagem, frequentemente funcionam com protocolos longos de alta temperatura que utilizam grandes quantidades de energia. Algumas unidades funcionam 24 horas/ 7 dias por semana para estarem preparadas para testes rápidos. A seleção de uma estufa com base na cota de energia dentro do laboratório pode gerar economias significantes ao longo do tempo.


Solução: As estufas Thermo Scientific Heratherm fornecem uma abordagem eficiente para aplicações de aquecimento e secagem no laboratório, com economias de até 39% no consumo de energia quando com paradas a instrumentos convencionais. Projetada para incorporar um número de opções de controle e características de eficiência energética, essas estufas fornecem uma solução excelente para redução de eletricidade no laboratório.

Talvez o modo mais simples de economizar energia em aplicações de aquecimento e secagem seja selecionar uma estufa com uso eficiente do espaço interno. É crucial que o projeto das prateleiras forneça vantagens de espaço, eliminando a necessidade para uma segunda estufa.

O isolamento é vital em qualquer aplicação de aquecimento, já que a transferência de energia para o entorno não só aumenta o consumo de energia da estufa como adiciona estresse ao sistema de controle de temperatura do laboratório. O isolamento especial e portas de vidro duplas das estufas Heratherm são projetados para minimizar o desperdício de energia por perda de calor.

É importante que a estufa de aquecimento e secagem seja capaz de cumprir as necessidades específicas da aplicação e que a plataforma seja flexível o suficiente para prover diversas metodologias. Os modelos Heratherm Protocolo Geral, Protocolo Avançado e Protocolo Avançado de Segurança formam uma variedade de estufas com foco na eficiência de energia e proteção de amostras. Instrumentos de Protocolo Avançado incorporam ciclos de temperatura, velocidades de ventoinha e posições de damper controláveis para entregar processos de aquecimento e arrefecimento mais eficientes energeticamente. Os modelos de Protocolo Avançado de Segurança incorporam uma função de auto secagem que desliga a estufa quando a amostra está seca, reduzindo o desperdício de energia por operação desnecessária.

Várias características de design podem ajudar a prevenir que a estufa funcione por mais tempo que o necessário, reduzindo o consumo de energia ainda mais:

  • A função flexível de timer permite que o operador configure o tempo de operação, ligando ou desligando a unidade automaticamente em horários específicos durante o dia.
  • A função Boost reduz o tempo de aquecimento da estufa em até 46%, por evitar a necessidade de operar ininterruptamente.

A seleção de uma estufa de aquecimento e secagem apropriada baseada em características de eficiência de energia pode ajudar a aumentar a produtividade do laboratório enquanto diminui o custo de funcionamento do equipamento. O clima econômico atual torna instrumentos de laboratório eficientes energeticamente de importância crucial para que os custos totais sejam acessíveis.

 

Clique aqui para entrar em contato!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: , , ,

Deixe um comentário