Postado por Equipe Datamed em maio 1, 2021 20:51 Uncategorized
Incubadoras de CO2

VOCÊ SABE COMO ESCOLHER UMA INCUBADORA DE CO2 IDEAL PARA A SUA APLICAÇÃO?

Existem no mercado diversos modelos de incubadoras de CO2, com diferentes características. Em meio a tantas opções, como escolher o modelo mais adequado para sua aplicação?

Forma™ Steri-cycle™ i160 CO2 Incubator with Cell Locker™ System
Incubadora de CO2
Thermo Fisher Scientific

A variável mais importante em uma incubadora de CO2 é a temperatura. Uniformidade, estabilidade e tempo de recuperação após abertura de porta são alguns atributos relacionados à temperatura, que devem ser analisados com cuidado pois afetam diretamente no resultado de suas culturas de células.

É comum as pessoas confundirem os termos uniformidade e estabilidade de temperatura, portanto ter clareza desses conceitos é fundamental na hora de escolher a incubadora ideal para a sua aplicação. Quando falamos em uniformidade de temperatura nos referimosa capacidade que a incubadora tem de atingir a mesma temperatura em todos os pontos dentro da câmara. Pensa comigo, em um dado momento, se forem colocados termômetros em vários lugares da câmara, será que eles mostrariam a mesma temperatura? É importante que mostre. A uniformidade trata dessa variação de temperatura que existe entre os diferentes pontos da câmara. Assim, quanto menor essa variação, melhor será a uniformidade da sua incubadora. 

Já a estabilidade de temperatura trata da capacidade que a incubadora tem de manter a temperatura em um mesmo ponto da câmara ao longo do tempo. Utilizando ainda o exemplo anterior, é como se pudéssemos observar os termômetros individualmente em vários momentos e calcular a variação de cada termômetro individualmente ao longo do tempo. Dessa forma, quanto menor essa variação, melhor a estabilidade.

Outro aspecto crucial a se considerar é o tempo de recuperação de temperatura após abertura de porta. Uma vez que a porta for aberta, quanto tempo será necessário para que a incubadora recupere as condições anteriores à abertura? Quanto menor esse tempo, melhor será para suas culturas, que sofrerão menos com as variações geradas por aberturas de portas. Essa variável é especialmente importante em laboratórios multiusuários, que tendem a ter mais aberturas ao longo do dia.

Essas três características podem ser aplicadas não apenas à temperatura, como também a concentração de CO2, O2, umidade relativa etc. Com esses conceitos bem definidos, podemos começar a falar dos diferentes modelos de incubadoras disponíveis no mercado.

Jaqueta de ar (aquecimento direto) ou jaqueta de água

 
incubadora de CO2 com aquecimento direto

Em incubadoras de CO2, as resistências que aquecem a câmara não estão dentro dela, pois isso geraria uma grande variação de uniformidade. Por isso, as resistências aquecem as paredes da câmara, que por sua vez irradiam calor na parte interna. Essa tecnologia é chamada de aquecimento direto ou jaqueta de ar.

 

A tecnologia de jaqueta de água surgiu para aumentar a estabilidade de temperatura. Um segundo compartimento que envolve a câmara é preenchido com água, e as resistências aquecem a água, que por sua vez aquecem as paredes da câmara. Isso permite que o calor seja transmitido para as paredes da câmara de forma mais eficiente, aumentando a estabilidade. Esses modelos costumam ser indicados para laboratórios de fluxo intenso, com muitas aberturas de porta.

O ar do ambiente interno comum contém de 100-1.000 microrganismos por metro cúbico, todos circulando a todo momento. A maioria deles vem dos trilhões de microrganismos da nossa microbiota que vive dentro e sobre nossa pele. Isso significa que toda vez que você abre a porta de qualquer incubadora, contaminantes podem entrar. Portanto, é importante minimizar os contaminantes e a sujeira no laboratório, limpando o local com frequência e contar com as tecnologias que estão disponíveis no mercado para prevenir e remediar essas situações.

Métodos de esterilização

 

Para prevenção, temos a utilização de filtros HEPA, que filtram o ar da câmara constantemente, devolvendo-o estéril. O filtro HEPA é bem conhecido para uso em cabines de biossegurança e é ideal para o uso dentro da incubadora de CO2 para proteger as células cultivadas dos contaminantes transportados pelo ar que entram pela porta do equipamento. O filtro HEPA é fácil de substituir e o filtro sujo pode simplesmente ser autoclavado com outros resíduos de laboratório antes de ser descartado.

 

 

bandejas de cobre

Outra opção é utilizar acessórios, como bandejas e prateleiras, em cobre sólido. Sua superfície, em contato com o ar forma o óxido de cobre, que tem ação antimicrobiana. Vale apontar que essa reação só ocorre com peças de cobre 100% puro. Existem modelos disponíveis em que toda a câmara é feita de cobre.

 

Para esterilização, uma vez que a contaminação já ocorreu, ou suspeita-se dela, temos basicamente duas opções no mercado: luz UV e alta temperatura. A luz UV requer que as prateleiras e outros acessórios sejam retirados e autoclavados separadamente para que os raios atinjam diretamente toda a câmara. É importante ficar atento pois qualquer coisa que bloqueie a luz (incluindo partículas de poeira, prateleiras e dutos de ar) pode impedir a descontaminação eficaz. Já a descontaminação por alta temperatura pode ser feita por exemplo durante a noite e elimina a necessidade de remoção, autoclavagem separada e remontagem das prateleiras e outros acessórios da incubadora. Assim, caso o perigo de contaminação no laboratório seja alto, principalmente por fungos, a descontaminação por temperatura é a mais indicada.

Para descontaminação da câmara de forma manual, é recomendado utilizar soluções específicas de limpeza (nunca usar soluções cloradas, pois elas atacam o aço inoxidável e o cobre) e autoclavar as prateleiras e a bandeja de água.

Proteção individualizada

 

Forma™ Steri-cycle™ i160 CO2 Incubator with Cell Locker™ System
Forma™ Steri-cycle™ i160 CO2 Incubator with Cell Locker™ System

Forma™ Steri-cycle™ i160 CO2 Incubator with Cell Locker™ System

 

Culturas de células sensíveis e delicadas, como células tronco e outras células primárias, têm sido cada dia mais usadas em pesquisas de terapia celular e desenvolvimento de aplicações em oncologia, imunologia, neurologia, entre outros. Essas culturas normalmente requerem manipulação e cuidados diários aumentando o risco de contaminação em relação às linhagens celulares tradicionais. Essas células também são extremamente reativas à variação ambiental e os meios de crescimento e reagentes usados para cultivar células-tronco são significativamente mais caros. Para enfrentar esses desafios temos hoje no mercado o sistema Cell Locker patenteado pela Thermo Scientific, que inclui dentro da câmara da incubadora 6 sub-câmaras internas, cada uma com filtros de membrana duplos de 0,2 µm que permitem a troca de ar e umidade, mas evitam a transmissão de microrganismos. Ou seja, cada câmara Cell Locker terá um microambiente isolado oferecendo maior estabilidade de temperatura e da concentração de CO2, maior controle de contaminação direta e cruzada e flexibilidade para o cultivo de diferentes linhagens de células sensíveis em uma incubadora compartilhada.

Interface

visor Incubadora CO2

A interface de sua incubadora de CO2 pode ser capaz de auxiliar o monitoramento da temperatura e concentração de CO2, mesmo quando você não está no laboratório. Hoje, diferentes interfaces oferecem gráficos do histórico dessas variáveis para que você possa chegar no laboratório pela manhã e ter certeza de que tudo correu bem durante a noite ou fim de semana. Esse é o ideal para todos que possuem incubadoras de CO2, pois pode ajudar a identificar o início de quaisquer problemas com o equipamento e se torna ainda mais valioso para aqueles que precisam prestar contas deste desempenho.

Por fim, uma vez que você tenha considerado todos esses pontos, é sempre bom discuti-los com o consultor de vendas, que poderá lhe apresentar os modelos compatíveis com suas escolhas e auxiliá-lo nas tecnologias de cada um.

Entre em contato com a Datamed e conheça nossas incubadoras da Thermo Scientific, estamos à sua disposição para ajudar em tudo que precisar!

Deixe um comentário