Postado por Equipe Datamed em dezembro 23, 2020 21:46 Blog, Notícias relacionadas
Vacina contra COVID-19 recebe aprovação em mais de 11 países

A União Europeia e mais 12 países já receberam autorização para iniciarem a vacinação populacional contra a COVID-19.

Dentre as sete vacinas aprovadas para uso, a Tozinameran, também conhecida como Comirnaty ou BNT162b2, já foi aprovada em mais de nove países.

Essa vacina foi desenvolvida pela Pfizer/ BioNTech e é composta por uma nanopartícula que possui em seu interior uma sequência de RNAm contendo as instruções genéticas para produção de uma proteína do coronavírus, conhecida como espícula (Spike, em inglês).

Uma vez aplicada, por via intramuscular, essa estrutura de nanopartícula alcança a célula do organismo e insere essa pequena sequência de RNAm para produzir a proteína espícula que será reconhecida pelo sistema imunológico do hospedeiro. O objetivo é provocar uma resposta imunológica no organismo a fim de combater a infecção pelo coronavírus. Essa vacina apresentou 95% de eficácia nos estudos clínicos que foram desenvolvidos, requer duas aplicações que devem ser administradas com 21 dias de intervalo e devem ser armazenadas a -80°C.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária segue com análise documental de quatro imunizantes (Astrazeneca/ FiocruzAZD1222, Johnson & JohnsonAd26.COV2.S, Pfizer/ BioNTechTozinameran e Sinovac/ ButantanSinovac) potenciais para fazerem parte da campanha de vacinação. Segundo o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, a expectativa é que a campanha de vacinação contra o novo coronavírus no Brasil comece em Fevereiro de 2021.

 

Texto original: Datamed.

Fonte:

https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-12/vacinacao-contra-covid-19-pode-comecar-em-fevereiro-diz-pazuello; https://www.raps.org/news-and-articles/news-articles/2020/3/covid-19-vaccine-tracker; https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2020/andamento-da-analise-das-vacinas-na-anvisa

Deixe um comentário